Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

17
Jun
13

Já anteriormente referi que a elaboração do nosso orçamento familiar é muito importante para conseguirmos conseguir controlar as despesas sem surpresas desagradáveis.

 

No entanto antes de criarmos um orçamento precisamos de saber o que gastamos em cada tipo de despesa e onde é necessário reduzir o limite do orçamento, para que no final do mês o saldo seja sempre positivo.

 

Assim, é muito importante começarmos por registar todas as despesas, todas mesmo, desde de um simples café, ao pão de cada dia, À compra de calçado ou roupa, alimentos, tudo mesmo.

 

Para isso uso um caderno pequeno onde anoto todas as despesas diariamente, e no final do dia pergunto também ao J. quais foram as despesas dele e anoto tudo lá. É um caderno tamanho A6 que cabe perfeitamente na mala e ocupa pouco espaço, além disso também é muito útil para fazer outros apontamentos do dia-a-dia.

 

 

Depois, na altura de fazer o orçamento basta dividir as despesas por partes, dependo dos gastos de cada pessoa.

 

As famílias têm gastos e perioridades diferentes por isso as despesas e os orçamentos serão muito diferentes.

 

Este é o primeiro passo para iniciarmos um orçamento familiar, o registo das despesas é algo que deve ser feito diariamente e mesmo depois de iniciarmos o orçamento familiar, para sabermos se estamos a cumprir com os objectivos ou estamos a ultrapassar.

 

publicado por Rosa Cristiana* às 09:59
23
Mar
11

Ao final de cada mês dá-se conta que gastou muito dinheiro sem saber onde e que não consegue poupar nada?

 

Organize as suas contas, junte todos os papeis de despesas durante um mês, ou aponte diariamente as suas despesas num caderninho, depois veja em que situações é que está a gastar de mais e deve reduzir os gastos.

 

Faça uma média do valor que gasta em cada tipo de despesas, por exemplo, 300€ para o crédito, 50€ para luz, 30€ para água, 15€ para roupa, 150€ em compras e faça um orçamento.

 

O seu objectivo deve ser sempre cumprir esse orçamento e se possivel ter valores mais abaixo até do que os previstos. No final de cada mês saberá quanto gastou e quanto conseguiu poupar, e assim controlará melhor as suas contas para uma poupança mais eficaz.

 

Se retirar o dinheiro logo no inicio dos mês para as despesas que sabe que vai ter (emprestimo, luz, água, condominio, gás, telefone, internet, entre outros), conseguirá que o seu dinheiro chegue sempre para o que precisa e ainda fazer um pé de meia.

 

Faça um orçamento e poupe.

 

Veja aqui alguns exemplos de orçamentos que o podem ajudar.

publicado por Rosa Cristiana* às 15:13
mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO