Fevereiro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

11
Fev
17

deduções provisorias irs.png

Eu pessoalmente faço a verificação das faturas no site e-fatura cerca de 2 em 2 meses durante o ano, assim consigo acompanhar mais facilmente as faturas estão todas e conferir os dados que faltam.

No entanto se não têm esse hábito lembro que o prazo para verificação das faturas de 2016 termina a 15 de Fevereiro, assim entrem no site e façam a vossa verificação.

Caso ainda não tenham os códigos do site das finanças ou os tenham perdido ainda estão a tempo de pedir, mas não se atrasem porque o fim do prazo aproxima-se, não se esqueçam que no caso de terem dependentes devem pedir os códigos também para confirmação de eventuais despesas e posteriormente adicionar no preenchimento do IRS.

O  processo é simples, basta ir ao portal das finanças, em Despesas Dedutíveis em IRS, seleccionar Consumidor e aparececem logo as faturas com informação para completar, como verifico várias vezes o portal neste caso eu já só tinha uma fatura para complementar a informação, basta seleccionar a que setor se refere e no final guardar tudo.

complementar informação faturas-vert.jpg

Lembro também que faturas relativas a taxas moderadoras, propinas, rendas, juros e lares só poderão confirmar mais tarde, uma vez que o Governo também alargou, recentemente, para 19 de fevereiro o prazo para as empresas e entidades (como centros de saúde, hospitais e universidades), comunicarem as despesas de habitação, saúde, formação, educação e lares, assim não devem inserir essas faturas porque depois vão aparecer erradamente em duplicado. Estas faturas vão aparecer no site a partir de 28 de Fevereiro e têm entre 1 e 15 de Março para reclamar em caso de não conformidade.

Se não validarem as faturas no portal E-fatura estão a perder dinheiro, uma vez que as faturas que não forem confirmadas entram para as despesas gerais famliares que facilmente atingem o limite. No meu caso se não conferisse as faturas, semelhantes á que tinha agora pendente, de manutenção automóvel estaria a perder 37€, relativos a 15% do valor do IVA pago, este é só um pequeno exemplo mas podem ser centenas de euros.

tags:
publicado por Rosa Cristiana* às 15:23
mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO