Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

10
Set
15

Já tinha uma saca de tomates que trouxe de casa da minha e depois ainda me deram outra, eram tantos tomates maduros e eu sem saber que fazer, ora se nos dão tomates temos que aproveitar e foi desta então que fiz doce de tomate, já andava para fazer à imenso tempo, mas o tempo escasseava sempre.

Afinal não demorou assim tanto tempo e ficou uma verdadeira delícia.

Ingredientes:

- tomates maduros (renderam 3 kg e pouco depois de arranjados)

- 3 maçãs (podem ser adicionadas com a casca)

- açúcar (coloquei 2 kg em 3 kg de tomate, uso sempre mais ao menos esta proporção açúcar para quilos de fruta)

 

Modo de preparação:

Descascar os tomates e limpá-los de sementes, como os meus estavam bem madurinhos a pele saiu perfeitamente, mas para descascarem melhor podem escaldá-los em água fervente (colocar um tacho com água a ferver, fazer pequenos golpes em forma de cruz em cada tomate e colocar na água a ferver cerca de 1 minuto, levantar a pele e retirar debaixo de água fria), retirei algumas sementes mas não fui meticulosa (como podem ver pelas fotos do meu doce), parti em pedaços para uma taça e só no final pesei, depois de escorrido já algum sumo dos tomates.

Descascar as maçãs ou retirar apenas o caroço (a casca da maçã tem mais pectina que vai dar mais consistência ao doce, daí usar as massas de forma a fazer o doce mais rápido e mais consistente), aproveitei que tinha estas na fruteira mesmo antes de ir de férias, mas se gostarem podem adicionar mais quantidade, é ao gosto de cada um.

Coloca-se depois num tacho grande camadas de tomate com a maçã e o açúcar, mexendo bem, deixa-se ferver em lume brando mexendo de vez em quando. Quando o doce começar a engrossar mais é necessário mexer com mais frequência e nessa altura já podem triturar com a varinha mágica, caso pretendam.

Entretanto podem colocar um pratinho no congelador para refrescar, retirar uma colher de doce para o prato fazendo depois um risco ao meio, se o doce se separar como uma estrada (ponto de estrada) está pronto, caso contrário devem deixar mais um pouco ao lume até atingir o ponto. O prato no congelador serve para simular a consistência do doce quando estiver frio e assim verificar mais correctamente. Esta quantidade de doce demorou cerca de 2h e meia.

Depois é só colocar ainda quente em frascos previamente esterilizados (no microondas ou em água a ferver), encher bem os frascos e tampar, depois virar os frascos ao contrário ("de patas para o ar") e deixar arrefecer.

Depois de frios podem guardar num local fresco e seco ou no frigorífico. Com estas quantidades de açúcar o doce não dura durante tanto tempo, mesmo assim penso que ainda durará uns bons meses e se quiserem fazer já algumas prendinhas para o Natal não haverá qualquer problema, desde que os selem conforme indiquei em cima e os guardem num local não muito quente. Não tenho muita experiência de duração nos meses pois os doces cá em casa não duram muito tempo, uns para oferecer, outros para consumir, quando são bons vão embora rápido. É o caso deste, vejam só que quando tirei a foto já faltavam ali uns 3 ou 4 frasquinhos :)

Doce de tomate não é a única coisa que se pode fazer para aproveitar tomates, podem também fazer polpa de tomate caseira, molho de tomate para pizza (ou para acompanhar massas) ou simplesmente triturar o tomate e colocar em taças miniatura ou em cubos de gelo (para ocupar menos espaço) e congelar. Por vezes utilizo este método quando os tomates são muito grandes como este ano, quando são pequenos e poucos, lavo-os e congelo o tomate inteiro, isto quando há espaço.

Espero que tenham gostado das sugestões de hoje :)

Este foi o meu primeiro doce de tomate e correu lindamente e vocês já fizeram alguma vez? Gostaram da experiência?

Vai um bolachinha?

11992174_1007779792585679_1417173061_n.jpg11780532_1007518762611782_1973041579_n.jpg

publicado por Rosa Cristiana* às 14:35
De Sonia Gonçalves a 13 de Setembro de 2016 às 21:59
Fiz o meu doce de tomate,mas ficou mto doce,será que à alguma dica para tirar o excesso de açúcar?
De Rosa Cristiana* a 18 de Setembro de 2016 às 10:56
É estranho porque os meus doces normalmente não são demasiado doces, pesou os tomates depois de retiradas as peles e sementes? Usou a mesma proporção? Estava mesmo em ponto de estrada ou já tinha passado o ponto?
Depois de terminado o doce não estou a ver o que possa fazer a não ser utilizar o doce em pouca quantidade e combinar com queijo fresco e outros alimentos que permitam que "cortar" um pouco o doce.
Lamento imenso e espero que no futuro corra melhor.

mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO