Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

19
Dez
13

Já ando há algum tempo para publicar esta receita, que é uma que cá em casa adoramos.

 

Bem, a minha receita não era bem esta, era outra que num outro dia publicarei, por também ser bastante boa, mas esta ultrapassou as expectativas.

 

Foi no fim de semana que fiz esta tarte pastel de nata, foi em casa da sogra, levei a massa folhada, mas não levei amido de milho e ela não tinha, vamos lá então pesquisar uma receita que possa colocar farinha de trigo, muitas diziam que bastava duplicar a quantidade e pronto, mas eu decidi investir nesta receita nova que me pareceu com bom aspecto e ainda bem que o fiz, porque ficou divinal.

 

Ingredientes:

1 base de massa folhada

500 ml de leite

250 ml de água

6 gemas

1 chávena de açúcar

5 colheres (sopa) de farinha de trigo

1 casca de limão

 

Modo de preparação:

Ligar o forno a 200ºC. Colocar a massa folhada na tarteira, utilizando o papel vegetal da embalagem, retirar o excesso de massa, eu aproveito e faço sempre uns mini palmiers, picar a massa com um garfo e preparar o recheio.

Numa tigela misturar as gemas com o açúcar, a farinha, o leite e a água e misturar tudo muito bem, podem usar a varinha mágica, mas sem deixar fazer espuma. É importante separar bem as gemas das claras, podem aproveitar as claras para fazer um delicioso bolo de claras com pepitas de chocolate.

Depois levar a lume brando a mistura anterior com a casca de limão até engrossar, mexendo sempre para não agarrar, quando começar a engrossar retirar a casca de limão e deitar sobre a massa.

Levar ao forno cerca de 20 minutos ou até dourar, dependo do gosto.

Servir depois de frio.

 

Esta tarte fica bastante cremosa, uma verdadeira delícia, além disso é muito fácil de fazer.

 

Custo: 1,80€, contabilizei os ovos, mas cá em casa são caseiros :)

 

É uma boa sugestão também para a mesa de Natal, por cá não vai faltar, é a sobremesa preferida do J. {#emotions_dlg.sol}

 

 

O interior

 

Bom apetite:)

publicado por Rosa Cristiana* às 10:47
18
Dez
13

E hoje trago mais uma sugestão de presentes de natal, será uma boa ideia principalmente para as crianças, em alternativa às gomas de compra, cheias, de corantes, conservantes e mais uma data de coisas pouco saudáveis.

 

Pode ser também um bom presente para amigos que gostem muito de gomas, mesmo adultos, porque há adultos ainda mais gulosos que as crianças :)

 

Gomas caseiras

 

Ingredientes:

35 g de gelatina neutra em pó

1 pacote de gelatina em pó de sabor à escolha (usei de morango, marca Continente com 85g)

200 ml de água

80 g de açúcar

 

Modo de preparação:

Colocar todos os ingredientes num tacho, mexendo bem até dissolver. Levar a lume brando e deixar ferver cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando. Depois colocar em forminhas de gelo, ou de bombons de chocolate previamente pinceladas com um pouco de óleo, para desagarrar melhor, se forem de silicone não é necessário. Levar ao frigorífico durante algumas horas e desenformar, deixei de um dia para o outro, passar depois por açúcar caso queiram, eu não achei necessário, ficam melhores assim, simples.

Caso não tenham formas podem colocxar num tabuleiro forrado com papel vegetal para desenformar melhor e depois cortar em cubos e estão as gomas prontas :)

 

Estas gomas são uma boa sugestão para presentes, principalmente de crianças.

 

As receitas que encontrei tinham todas muito açúcar, que achei um exagero pois a gelatina de compra também já tem açúcar, por isso reduzi e assim ficaram boas. Mas como aqui em casa gostamos pouco delas doces para a próxima vou colocar apenas 2 colheres (sopa) de açúcar, penso que será suficiente. Estas assim são ideiais para oferecer, pois normalmente as crianças gostam sempre de um pouco de doce e não estão demasiado doces. Quando voltar a fazer partilho a minha experiência :)

 

Esta receita rendeu cerca de 300g, e teve um custo de 1,30€, a baixo custo e muito mais saudáveis que as de compra :)

 

Cá estão elas :)

 

 

publicado por Rosa Cristiana* às 09:25
13
Dez
13

Estamos quase a chegar ao Natal e ainda nem falei de Natal, ando mesmo atrasada no tempo..

 

Assim, já não era sem tempo rever algumas boas sugestões para oferecer como cabazes de Natal.

 

Para a semana haverá mais surpresas, com direito a receitas novas :)

 

Cabazes de Compotas e Biscoitos? Será uma boa sugestão :)

 

Biscoitos de cacau

 

Biscoitos de canela

 

Doce de maçã e canela

 

Doce de abóbora com nozes

 

Doce de abóbora porqueira (o preferido cá de casa)

 

E que tal juntar também uma tacinha de Marmelada Caseira?

 

 

Se não gostam de fazer compotas mas nos biscoitos até se divertem, podem ainda optar por outro tipo de cabaz:

 

Cabaz com biscoitos e um saquinho ou caixinha com chá e se for caseiro ainda melhor :)

 

Eu vou oferecer alguns cabazes deste género, com saquinhas de chá com limonete (também conhecido por lúcia-lima) que a minha mãe têm em abundância e juntar uns biscoitos para acompanhar :)

 

Até já me abriu o apetite :)

 

 

 

publicado por Rosa Cristiana* às 12:06
11
Nov
13

O Natal já se aproxima a passos largos e é tempo de ir preparando algumas prendinhas caseiras para o Natal, estes biscoitos são uma óptima sugestão :)

 

Muito fáceis e rápidos de fazer, são uma delícia e cá em casa desapareceram num abrir e fechar de olhos. Para fazer já para o Natal ainda é um pouco cedo, mas porque não experimentar a receita a ver se estará aprovada.

 

Por nós está aprovadíssima.

 

Já tinha visto esta receita em vários blogs e já estava ma minha lista à muito tempo, mas lá havia um outro bolo ou sobremesa que ganhava prioridade e os bolinhos ficavam sempre para a próxima, a semana passada foi a vez de experimentar e ficaram deliciosos.

 

Ingredientes:

125 g de manteiga à temperatura ambiente

100 g de açúcar

300 g de farinha

1 colher (chá) fermento

1 ovo

canela

 

Modo de preparação:

Colocar todos os ingrediente numa tigela, à excepção da canela e misturar bem. Eu fiz a mistura à mão, e para que fosse mais fácil primeiro juntei a manteiga com o açúcar e parte da farinha e misturei bem com as mãos, até que a manteiga estava toda incorporada, depois acrescentei o ovo, a restante farinha e o fermento e misturei tudo até ficar uma mistura consistente.

Depois noutra tigela à parte coloquei a canela. Com a massa formei pequenas bolinhas mais ao menos do tamanho de uma noz e fui passando pela canela e dispondo num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal.

 

Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 25 minutos. Os bolinhos ficam um pouco moles, mas logo que arrefeçam ficam durinhos, se ficarem mais tempo no forno ficarão duros de mais.

 

São uns bolinhos muito saborosos, dá sempre vontade de comer mais um e fáceis de fazer.

 

Custo: 0,90€, não consegui saber o número de bolinhos que rendeu porque desapareceram logo, mas para a próxima vou contar logo mal saiam do forno para não haver "roubos" :) Já nem deu para encher o frasquinho.

 

 

Bom apetite :)

publicado por Rosa Cristiana* às 14:18
04
Jan
13

Hoje deixo-vos uma receita muito prática e económica mas ao mesmo tempo também muito saborosa.

 

Uma receita do Natal, mas também ideal para o dia-a-dia :)

 

Bacalhau com broa

 

Ingredientes para 2 pessoas:

2 postas de bacalhau com tamanho considerável

10 batatas de tamanho médio

1 couve

2 folha de louro

1 cebola

1/2 broa de milho

sal

 

Modo de preparação:

Ferver um pouco o bacalhau em água com sal e uma folha de louro (atenção à quantidade de sal, se o bacalhau estiver salgado). Entretanto descascar as batatas e partir ao meio. Preparar também a couve. Depois de retirar o bacalhau, adicionar as batatas e a couve na mesma água e deixar cozer.

 

Deixar arrefecer um pouco o bacalhau e desfazer em lascas. Entretanto levamos a cebola a refogar no azeite, com a outra folha de louro e juntamos o bacalhau, mexendo com cuidado para não desfazer o bacalhau e deixar refogar.

 

Desfazer a broa com as mãos ou colocar na picadora até ficar triturada, tipo "pão ralado".

 

Depois num tabuleiro colocar metade das batatas cortadas às rodelas, de seguida a couve, depois o bacalhau, a restantes batatas às rodelas e por cima a broa picada, que foi previamente envolvida no azeite que restou do refogado do bacalhau.

 

Se acharem necessário regar com mais um pouco de azeite.

 

Levar ao forno até a broa tostar um pouco.

 

A ordem dos ingredientes pode ser alterado a gosto.

 

Esta receita também pode ser feita com grelos, mas como aqui em casa não gostamos muito preferi fazer com couve.

 

Como a maioria dos produtos são caseiros, a receita ficou-me quase a custo zero.

 

Custo: Para quem tem que comprar tudo: 2,75€

 


 

Bom apetite e bom fim de semana :)

publicado por Rosa Cristiana* às 08:36
31
Dez
12

Se 2012 foi bom para uns, mau para outros e pésssimo para muitos também, o meu desejo é que 2013 seja muito melhor para todos :)

 

Que em 2013 consigam realizar os vossos desejos, realizar objectivos e concretizar alguns sonhos.

 

As notícias referem que vão haver cortes e ainda mais cortes, também com as novas leis impostas para as empresa, muitas delas irão com certeza encerrar por não terem possibilidades de ter novos meios e equipamentos para obter as condições impostas.

 

Desta forma muitos portugueses verão descer ainda mais os seus rendimentos e as despesas ou se mantêm ou na maioria dos casos aumentam.

 

O importante é não desesperar e acima de tudo não tentarem safar-se com a utilização de cartões de crédito ou novos empréstimos, porque estarão a endividar-se mais e mais.

 

Neste novo ano que se avizinha, continuarei a dar mais dicas para poupar e poder ajudar muitas famílias.

 

Como sei que a alimentação é uma fatia muito grande na despesa das famílias, colocarei mais receitas económicas e a baixo custo, bem como formas de cortar nas despesas alimentares sem deixarmos de nos alimentar bem e de forma saudável. Adicionarei também mais oportunidades de compras com excelentes descontos para ajudar muitas famílias a ter todos os meses um saldo positivo.

 

O meu lema: se o meu rendimento não dá para ter e manter um BMW tenho um Renault, se não este ano não posso ir de férias para o estrangeiro, aproveito no meu país umas idas á praia ou no campo, se o orçamento não dá para renovar o armário opto por conjugar algumas peças de forma a conseguir também renovar roupas antigas e aproveito os saldos para comprar peças que utilizo com frequência, evitar ao máximo a compra de refeições pré-feitas e as idas ao restaurante, faço sempre casa as refeições até porque adoro cozinhar.

 

É importante não dar um passo maior que a perna!

 

Espero continuar a ajudar muitas famílias a poupar e fico sempre à espera do vosso feedback e das vossas ideias, se as pretenderem partilhar.

 

UM BOM ANO DE 2013 PARA TODOS!

 

 

tags:
publicado por Rosa Cristiana* às 09:18
27
Dez
12

Sim, realmente o Natal já passou, mas ainda há aquele cheiro no ar a Natal :)

 

Esta foi uma das sobremesas que fiz este ano no Natal.

 

A minha mãe deu-me uma abóbora menina e eu decidi fazer, foi a primeira vez, mas sairam tal como eu queria :)

 

Muitas vezes os bilharacos são confundidos com sonhos de abóbora, mas não são a mesma coisa, aliás são muito diferentes.

 

Lembro-me de, na minha infância comer muitos bilharacos, daqueles com muita abóbora, e comia um atrás de outro, gostava muito. Mas ultimamente só comia alguns com muita farinha, muito secos, parecidos com sonhos.

 

Também gosto de sonhos, mas bilharacos são bilharacos, então este ano decidi fazer eu. Pesquisei várias receitas e no final adaptei umas e outras e saiu conforme eu gostava :)

 

Ingredientes:

abóbora menina (deu cerca de 400g depois de escorrida)

sal

4 colheres (sopa) de açúcar

2 colheres (sopa) de farinha

1 colher (sopa) de amido de milho (maisena)

3 ovos

raspa de 1 laranja

1 pouco de vinho do porto

óleo q.b.

açúcar e canela q.b.

 

Preparação:

Cozemos a abóbora em água temperada com sal. Depois de cozida, desfazer a abóbora e colocar a escorrer num pano, apertando bem e deixar a escorrer de um dia para o outro.

Na altura de fazer os bilharacos, partimos os ovos e batemos, juntamos depois com a abóbora e misturamos bem, adicionamos as farinhas, o açúcar e a raspa de laranja e mexemos bem até ficar uma mistura homogénia. Depois juntamos um pouco de vinho do porto, mas um pouquinho mesmo, só "salpicar" e mexemos bem.

Leva-se a fritar em óleo quente e depois de fritos envolvemos os bilharacos numa mistura de açúcar e canela e estão prontos a servir.

 

Custo: Para mim custou menos de 0,50€ porque a abóbora é caseirinha, quem tiver que a comprar ficará por 2,00€.

 

Bom apetite :)

 

publicado por Rosa Cristiana* às 07:47
24
Dez
12

tags:
publicado por Rosa Cristiana* às 22:29
21
Dez
12

O Natal está quase há porta, mas há pessoas que ainda não fizeram todas as suas compras para as prendas de Natal, umas por falta de tempo, outras por não saber o que oferecer e outras, talvez muitas infelizmente, por falta de dinheiro.

 

Mas não temos dinheiro para comprar prendas podemos sempre oferecer prendas que não custam nada ou quase nada :)

 

Oferecer vales

Desta vez não falamos de vales de desconto, mas sim vales feitos por vocês com ofertas para o seu destinatário. Como por exemplo, um vale para um jantar de amigos em vossa casa, um vale de um dia para ajudar nas tarefas domésticas, um vale de um dia para ficar com os filhos dos seus amigos ou familiares, ou numa área mais afectiva, um vale de beijinhos e/ou abraços para os filhos ou marido / namorado. E assim quando a pessoa pretender poderá quebrar-se dos vales, uma prenda a custo zero que de certeza quem a receber vai ficar contente. Podem fazer vários vales e agrupá-los em "livrinhos" colocá-los numa caixa ou para familiares mais próximos e para as crianças, espalhá-los por vários sítios e fazer um jogo para eles os encontrarem :)

 

Uma carta ou postal

Basta pegar numa folha ou num pequeno pedaço de cartolina ou reutilizar algum pedaço de cartão que ia a caminho da reciclagem e escrever o que sente pela pessoa, as saudades, as aventuras que já viveram juntos e planos para novos momentos juntos. Podem escrever uma carta de amor ao vosso mais que tudo ou escrever apenas um postal de Natal à tia e aos primos que não vêm à quase um ano. Podem personalizar os cartões com recortes de panfleros, revistas, jornais, é só dar asas à imaginação e importa a intenção :)

 

O livro de receitas da família

Quantas vezes as primas vos perguntaram como fizeram aquele bolo que estava tão bom, vos pedem uma receita e outra e mais outra. Se tiverem as receitas da vossa avó, ou aquelas receitas que fazem parte já da família e que passam e pais para filhos, porque não compilá-las num livro e oferecer àquelas primas e tias que não as têm? Podem fazer um livrinho com várias folhas recortadas ao meio ou em 4 e depois juntá-las com um fio de lá, de forma artesanal, podem escrever à mão ou então a computador, depende da imaginação e das possibilidades.

 

Bombons caseiros

Esta sujestão não é bem a custo zero, mas quase. Basta comprar uma tablete de chocolate, derreter e depois juntar frutos secos que até terão em casa, como avelãs, nozes, amêndoas, entre outros, há imensas possibilidades. Derreter o chocolate e colocar num tabuleiro ou em cima de papel vegetal com uma colher pequenos montinhos, colocar os frutos secos em cima e deixar arrefecer e solificar. Estes são os bombons mais artesanais. Ou então, podem também optar por fazer apenas bombons com o chocolate apenas, colocando em formas de gelo com imagens divertidas que animarão as crianças e adultos.

 

Biscoitos em frascos

Apesar de ter algum custo, podemos fazer biscoitos com coisas simples que temos em casa, como por exemplo cacau, manteiga, farinha e açúcar e temos uns biscoitos de cacau ou apenas fazer umas bolachinhas de manteiga. Depois de fazer os biscoitos coloque-os em frascos que pode ter em casa reutilizados de outras coisas, ou que tal colocar naquela jarra que nunca dá uso? Ou na lata que ficou do tomate pelado ou das salsichas? Basta forrá-la com um papel colorido, colocar as bolachinhas lá dentro e selar bem com película aderente.

 

Uma visita ou um passeio

Qual foi a última vez que visitou aquela tia que vive longe? Faça uma visita, dedique algum do seu tempo à família ou amigos que já não vê à imenso tempo. E se sabe que gostam de passear, principalmente as pessoas mais idosas, vá com elas num passeio a um jardim, é uma prenda de Natal que será gratificante :)

 

Uma caixa especial

Uma prenda muito original e muito fácil de fazer é pegar numa caixa, pode ser de sapatos, por exemplo, se quiser pode forrá-la com um papel mais bonito e colar-lhe um espelho e depois do outro lado escrever "Este é o homem/mulher da minha vida", ou outra mensagem que pretenda, simples e original :)

 

Um dia de liberdade para as crianças

Uma boa ideia para quem tem filhos pequenos e não só, é dar-lhes um dia em que possam fazer o que quiserem, em que podem brincar, comer apenas Nestum ao jantar, em que a mãe não vai ralhar nem perguntar se já fizeram os trabalhos da escola. Dê-lhes liberdade, desde que não corram perigo, claro.

 

Um livro em aúdio

Todos os dias à noite o vosso filho vos pede para ler aquele livro, o seu preferido, sempre o mesmo livro, não se cansa de ouvir vezes sem conta a mãe ou pai a ler. Então e se fizerem uma gravação a ler esse livro e lho oferecerem? Assim vai poder ouvir a toda a hora e sempre que quiser :)

 

Bem estas são apenas algumas sujestões, dependendo da pessoa em questão e dos seus gostos as escolhas são muitas. É só dar asas à imaginação.

 

E quem disse que não se podia dar prendas sem gastar?

 

Um FELIZ NATAL!

publicado por Rosa Cristiana* às 09:09
17
Dez
12

Este ano decidi fazer a decoração natalícia aproveitando ao máximo coisas que tinha em casa já sem utilidade, para gastar o mínimo de dinheiro em decoração de Natal.

 

Já tinha visto a sujestão de fazer uma árvore de natal para colocar na chaminé com uma revista.

 

Comecei a fazer e achei bom o resultado, mas mesmo assim ainda queria algo mais elaborado.

 

Então decidi fazer mais árvores e colar, o que deu uma árvore bem redonda e grande :)

 

Assim, em vez de mandar as revistas que tinha a mais, para a reciclagem, criei uma bonita decoração de Natal com árvores de revistas :)

 

 

E o Natal está quase a chegar :)

publicado por Rosa Cristiana* às 09:09
mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO