Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
17
18
24
25
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

12
Nov
12

 

Verifiquei recentemente uma situação de uns familiares cuja filha estudante não teve direito a nenhum escalão de abono escolar mesmo com rendimentos muito baixos.

 

Quando fomos saber o porquê da situação, verificámos que o filho mais velho, que já saiu de casa, ainda estava agregado aos rendimentos da família, e nesse caso os rendimentos já ultrapassavam o escalão máximo para atribuição de escalão.

 

O mesmo poderá acontecer para fazer o pedido de outro subsídio em que influencie os rendimentos do agregado familar, ou também em caso de necessidade de rendimento de inserção, quando um ou os dois membros do casal perde a totalidade dos rendimentos ou não tem direito a desemprego, o que acontece cada vez mais infelizmente.

 

O que aconselho para que não aconteçam estas situações desagradáveis em que as pessoas perdem subsídios e regalias a que têm direito apenas porque os rendimentos não foram atualizados. Quando um filho sair de casa ou deixar de partilhar os rendimentos com o agregado familiar devem preencher o formulário de alteração dos rendimentos para que não haja surpresas desagradáveis, pois quando as pessoas não têm como suportar as despesas e ainda perdem o abono dos filhos torna-se insustentável.

 

Podem fazer as alterações preenchendo o formulário de Alteração de dados, Mod. GF 37/2012 e entregando num serviço de atendimento por carta, ou enviando por carta para o Centro Distrital da área de residência.

 

Com as informações atualizadas tudo funciona muito melhor :) 

publicado por Rosa Cristiana* às 08:21
De Mónica Pereira a 16 de Novembro de 2012 às 11:29
Obrigada por mais esta informação. Muito útil!

mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO