Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

11
Nov
10

 

 

 

 

Tenho muitos no quintal e como eles ficam todos maduros na mesma altura, nunca sei o que fazer a tantos, porque não da para comer todos de uma vez, então lembrei-me que poderia fazer um Doce de Dióspiro, decidi então fazer uma pesquisa pela internet.

 

 

No entanto, depois de uma breve leitura em vários sites em blogs, cheguei à conclusão que este doce é mais difícil do que eu pensava, e que, mesmo sendo os dióspiros bem maduros, o doce pode ficar com aquele travo a dióspiro verde, assim decidi-me por esta receita, que deu um bom resultado:

 

Doce de dióspiro com maçã

 

Retire o pé e a casca a 300 g de diospiros e corte-os em cubos, descasque também 200 g de maçã e corte também em cubinhos, junte 300 g de açúcar e leve ao lume. Mexa e deixe cozinhar lentamente até ficar no ponto, para verificar, retire um pouco para um prato, deixe arrefecer e passe o dedo, se fizer estrada estará pronto.

 

Se quiser pode juntar um pau de canela, ou polvilhar com o pouco de canela, conforme o gosto. A quantidade do açúcar também pode variar conforme o gosto.

 

Em vez de doce, pode também fazer um Bolo de dióspiro, aqui fica uma receita também:

 

Bolo de dióspiro

 

Retire o pé e a casca a cerca de 4 dióspiros bem madurinhos e parta-os em bocados. Bata uma gema de ovo e adicione progressivamente 250 g de açúcar, 2 colheres (sopa) de manteiga já derretida, a polpa dos dióspiros, 1 colher (chá) de canela, uma pitadinha de sal e a raspa de meia laranja e de meio limão. Bata bem, até que fique uma massa homogénea, misture 300 g de farinha e 2 colheres (chá) de fermento. Por fim, junte 1 chávena (de chá) de nozes picadas e misture bem. Bata uma clara em castelo bem firme, junte a massa anterior e envolva com uma colher de pau.

Leve a cozer numa forma untada e polvilhada com farinha, em forno médio, mais ou menos durante 1 hora. Antes de servir polvilhe com um pouco de açúcar em pó, caso queira.

 

Existem diversas formas de aproveitar os dióspiros, mas aquela que lhe permite aproveitar mais quantidade de diópiros é mesmo o doce.

 

Assim, se tiver em casa um diospireiro, não deixe que os frutos caiam para o chão de maduros e faça um belo doce

publicado por Rosa Cristiana* às 16:20
De Anónimo a 6 de Outubro de 2016 às 15:20
uma questão que penso pertinente. se o doce fica com travo (devido aos taninos presentes no diospiro) o bolo que apresenta, não fica também adstringente, e se fica, como a suprime?
De Rosa Cristiana* a 6 de Outubro de 2016 às 15:57
Não lhe sei explicar a razão mas o bolo de dióspiro fica bom sem nenhum travo, penso que possa ser alguma reacção do açúcar apenas com dióspiro.

mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO