Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

31
Out
17

No dia mundial da poupança partilho convosco a minha forma de poupar, não tem truques especiais, requer apenas algum empenho e especialmente ter objetivos que nos incentivem a poupar.

9366088_VwMpy.png

 Ora bem, essencialmente a minha poupança passa pela arte de não gastar:

- Não aos alimentos processos, pela saúde e pela carteira

- Evitar os almoços fora de casa, fica mais barato comer em casa ou levar marmita para o trabalho e existem opções tão baratas e deliciosas, além disso sempre sabemos o que comemos, almoçar ou jantar fora só de vez em quando.

- Evitar as idas ao café, podem tomar café em casa muito bom, quem não dispensa a ida ao café, não comprar outras coisas supérfluas.

- Comprar apenas itens essenciais ao nosso bem estar.

- Compras grandes são muito bem programadas, pensadas e repensadas, e poupamos para as conseguir, nunca fazemos crédito, à excepção da casa, claro.

- Não fazer compras por impulso, não ir às compras com fome e seguir sempre a lista de compras à risca.

- Poucos bolos e sobremesas pela nossa saúde e são feitos em casa

- Aproveitar promoções em roupa para comprar básicos de boa qualidade

- Prendas são compradas com alguma antecedência para conseguir bom preço

O facto de eu dar valor às pequenas coisas também ajuda muito a conseguir poupar, dar valor ao dinheiro, nem que seja apenas 1€, porque 1€ pode parecer pouco, mas já pensaram que se pouparem 1€ por dia, no final do ano têm 365€ de lado? Tudo tem valor.

Colocar de lado uma parte do salário no início de cada mês, pelo menos 10%.

Com o valor que vamos pondo de lado, tentamos ter sempre dinheiro para pagar a prestação da casa pelo menos durante 6 meses, além de outras poupanças que possamos ter, no caso de imprevistos.

Destralhar também é uma forma de poupar, avaliar todas as coisas que temos a mais, ajuda a ver o que não precisamos realmente e numa próxima já não precisamos comprar, porque temos até de mais, com as coisas que não precisamos podemos também juntar algum dinheiro extra, se conseguirmos vender, online existem várias sites ou leilões.

Se têm dúvida das coisas que vão destralhar e guardam sempre tudo para quando seja preciso, falo essencialmente de roupa, calçado, roupa de casa e afins, ponham de lado num saco, se não usarem durante um ano é porque simplesmente não precisam.

Com um bebé também é possível poupar, isso é assunto para outro post, mas posso dar já alguns exemplos:

- Optámos por não gastar logo dinheiro em preparar o quarto da bebé porque dorme no nosso quarto, assim temos apenas a cama dela no nosso quarto (que foi oferecida), o dela vai sendo preparado com tempo, algumas coisas DIY e aos poucos vai ficando bonito

- Não comprei fraldário, não considerei importante, conheço várias opiniões, quem use muito, quem use pouco, nós mudamos sempre em cima da cama ou do sofá, com resguardo

- Tivemos a sorte de ter uma prima um pouco mais velha, que ofereceu muita roupa, também já conseguimos poupar muito dinheiro com roupa, aproveitar vale sempre a pena

- Ovo, carrinho e alcofa foi comprado por nós, numa promoção e numa cor neutra, se tiver um irmão, já fica para ele, a cadeirinha acabámos por não comprar (oferta da empresa do pai)

- Amamentar também tem sido uma grande poupança, felizmente tem corrido tudo bem e está para continuar :)

No outro dia descobri qual a palavra que me define, sou uma pessoa minimalista, ajuda a que seja mais poupada.

Pronto e é esta essencialmente a minha forma de poupar e vocês conseguem algumas poupanças no final do mês, podem partilhar?

 

publicado por Rosa Cristiana* às 10:18
05
Out
17

Durante a semana o tempo é divido entre o lufa lufa da volta ao trabalho e as brincadeiras ao final do dia, ao fim de semana aproveito todo o tempo livre para brincar com a minha filha e dar-lhe a atenção que ela merece. Assim os momentos de descanso são enquanto ela dorme.

Assim, as coisas vão retomando um pouco ao normal e este ano voltámos à marmelada.

Então com a primeira produção do nosso marmeleiro foi altura de fazer Marmelada Caseira, desta vez com menos açúcar.

Utilizei menos açúcar que o habitual e ficou igualmente boa :)

Depois de limpar os marmelos e retirar as sementes (a casca fica), tinha 2,5kg de marmelos que coloquei na panela de pressão intercalados com 1 kg de açúcar branco e 1 chávena de açúcar amarelo (1 resto que tinha), juntei 100ml de água e mexi muito bem até o açúcar dissolver antes de fechar a panela.

Depois de começar a ferver contei cerca de minutos (deixei um pouco mais de tempo por ser mais quantidade e fiz tudo de uma vez).

Entretanto triturei os marmelos e coloquei em taças, utilizei mesmo taças de marmelada de compra, rendeu 6 taças pequenas e 1 grande, sim na foto já faltam duas.

 20170917_102530.jpg

Os marmelos que ficaram foi para uma nova receita, a partilhar em breve.

Como esta receita levou pouco açúcar optei por guardar no frigorífico, não sei garantir se aguentará bem fora dele.

E vocês já fizeram marmelada este ano utilizando esta receita?

Se quiserem podem partilhar fotos ou enviar por e-mail que terei todo o gosto em partilhar num próximo post.

Até breve :)

publicado por Rosa Cristiana* às 16:22
mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO