Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
19
21
22
23
25
26
28
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

27
Fev
15

Não estão satisfeitos com a vossa conta de gás e electricidade? Termina já amanhã, a campanha do Continente e da Galp.

continente galp.png 

Ao aderir ao Plano Energia 3, terão uma poupança que se reflectirá nas compras mensais, ou seja, terão um desconto de 50% no termo fixo da electricidade, ou do gás natural, ou dos dois, 10% em garrafas de gás e os habituais 12 cêntimos por litro em combustível.

O desconto será feito no cartão continente associado, que poderão utilizar depois para as compras do supermercado.

A oferta termina já amanhã, por isso aproveitem antes que termine.

Podem conhecer melhor a campanha no site e no vídeo abaixo:

Plano Energia³ - Eletricidade + Gás + Combustível 

 

publicado por Rosa Cristiana* às 19:29

Como já referi noutro post, um dos objectivos este ano é ser mais organizada e ao mesmo tempo sempre poupada.

Então porque não utilizar um Kakebo, assim consigo controlar os meus gastos muito mais facilmente, sem me esquecer de nenhuma despesa.

Nunca ouviram falar do Kakebo?

Eu também conheci à apenas pouco tempo, mas penso que poderá ser muito útil, principalmente com o stress do dia-a-dia, é importante termos sempre à mão um caderno de apontamentos que nos ajude a ser mais organizados e poupados, no entanto o Kakebo é muito mais que isso, porque tem imensas dicas de poupança ao longo do mesmo e estratégias que ajudarão a poupar ainda mais.

Mas afinal o que é o Kakebo?

Kakebo é um sistema japonês para controlo do orçamento familiar mensal, que significa literalmente livro de contas para a economia doméstica. Ou seja é um livro que permite qualquer pessoa registar e controlar com detalhe as despesas e receitas pessoais e gerir a economia familiar até ao último cêntimo que entra e sai de nossa casa.

Funciona através de tabelas de despesas e de mapas de entrada e saída de dinheiro, com um design muito atractivo, simbolizando a poupança através de um porquinho mealheiro e as despesas através de um lobo mau.

Comecei apenas agora a utilizar, mas vale mais tarde que nunca e acredito que vai ser muito útil.

Podem conhecer um pouco mais do Kakebo no site da editora.

O Kakebo vem acompanhado com um pequeno livro de bolso, para andar sempre na mala e não nos esquecer-mos de nenhuma despesa.

E vocês já ouviram falar no Kakebo? Quem utiliza?

20150226_204511.jpg20150226_204511.jpg

publicado por Rosa Cristiana* às 12:45
24
Fev
15

Quem ainda não conhece o ClubNielsen, por favor dar uma olhada por este post para conhecer melhor.

Resumidamente, o ClubNielsen é uma empresa que fornece dados relativamente às nossas compras às empresas suas clientes, dados esses que devemos registar semanalmente com o Homescan, em contrapartida, vamos acumulando pontos todas as semanas e depois podemos trocar por prémios.

Mais recentemente o ClubNielsen também envia da vez em quando inquéritos, principalmente para o e-mail para ganharmos mais alguns pontos, bem como pequenos desafios que são lançados principalmente pela altura do Natal.

O meu primeiro prémio foram os tachos e panelas que recebi já em 2012.

Entretanto também já chegaram duas balanças, uma para a casa de banho e outra para a cozinha, que não tirei fotos.

E mais recentemente uma tostadeira e um fervedor de água.

E assim, vieram mais dois pequenos domésticos juntar-se ao conjunto de outros, todos recebidos como oferta, por prémios, pontos ou afins.

O fervedor não é bem da qualidade que previa inicialmente, mas tem sido já bastante útil, na rapidez com que conseguimos fazer algumas refeições ao ferver a água mais rapidamente, por exemplo para cozer massa, ainda mais rapidamente.

Acredito que se torne em mais uma poupança, não só de tempo, mas também de gás.

20150210_133309.jpg

publicado por Rosa Cristiana* às 09:50
20
Fev
15

Aproximam-se as datas para entrega da declaração de IRS relativamente ao ano de 2014, por isso o melhor é irem já preparando as coisas para depois não atrasarem os prazos.

Os prazos de entrega, à semelhança de anos anteriores serão:

Para rendimentos das categorias A e H, ou seja, trabalhadores por conta de outrem e pensionistas:

- de 1 a 31 de Março de 2015 para entrega em papel

- de 1 a 30 de Abril de 2015 para entrega online

 Para outras categorias de rendimentos:

- de 1 a 30 de Abril de 2015 para entrega em papel

- de 1 a 31 de Maio de 2015 para entrega online (rendimentos dos anexos B, C, D, I e L só podem ser entregues online)

De qualquer forma, podem ir já preparando e verificando se têm todos os documentos para na altura não haver falhas, eu guardo todos numa pasta, documentos para deduções, que relativamente a 2014, são as seguintes:

Despesas de saúde - despesas com isentas de IVA ou a 6%, com IVA a 23% só com receita médica, não entram em despesas de saúde fraldas de bebés, mesmo que sejam prescritas por médicos, apenas leite especial e quando prescrito por médico.

Despesas de educação - necessário indicar NIF dos dependentes a que referem essas despesas, não entram em despesas de educação mochilas escolares, instrumentos musicais, calçado e vestuário, despesas com estágios ou amas.

Despesas com lares - necessário indicar NIF dos ascendentes

Pensões de alimentos pagas

Planos de Poupança Reforma, desde que o beneficiário ainda não esteja na idade de reforma

Juros de crédito ou rendas relativas a habitação permanente, apenas para contratos celebrados até 31/12/2011, em ambos os casos.

Facturas relativas a alojamento, restauração e similares, manutenção e reparação de automóveis, manutenção e reparação de motociclos, suas peças  e acessórios, salões de cabeleireiro e institutos de beleza, permitem deduzir 15% do IVA pago, desde que tenham NIF.

Donativos em dinheiro ao estado ou outras entidades, com respectivo comprovativo.

Prémios de seguros que cubram exclusivamente riscos de saúde

Prémios de seguro de vida, apenas em caso de deficiência com grau de 60% ou superior.

Podem consultar os limites das deduções, de acordo com a vossa situação e rendimentos no ficheiro das finanças, disponibilizado para o IRS 2014.

Não esqueçam que à semelhança dos últimos anos, os pensionistas que recebam um valor acima de 4.104€ anuais têm que fazer a declaração dos rendimentos.

Relativamente ao IRS de 2015, que será declarado em 2016, falarei em breve, para não criar confusões, de qualquer forma, podem ir pedindo já o NIF nas facturas para as deduções, que apenas serão consideradas com NIF.

tags:
publicado por Rosa Cristiana* às 15:10
18
Fev
15

Estes sonhos de pescada são deliciosos e uma excelente opção para fazer com que miúdos e graúdos comam peixe sem reclamar :)

Desde a primeira vez que vi no sabor intenso, soube que tinha que experimentar, por parecer muito fácil e porque o J. não gosta muito de pescada, encontrei aqui uma opção para fazer mais vezes.

Fiz a receita com pequenas alterações:

 

Ingredientes:

300g de pescada (utilizei mimos de pescada Pescanova comprados com vales de desconto)

1 chávena de água de cozer a pescada

1 chávena de farinha

50g margarina

4 ovos

casca de 1 limão

sal e piri-piri

salsa picada

óleo para fritar

 

Modo de preparação:

Como o J. não gosta muito de pescada, optei por cozer antes a pescada com um pouco de sal, depois desfiei para uma tigela.

Entretanto fiz a massa dos sonhos, esta é a base que normalmente uso para fazer sonhos doces.

Levei a água a ferver (de cozer a pescada) com a margarina e a casca de limão, quando começar a ferver retirar a casca de limão e adicionar a farinha de uma vez, mexendo sempre até a massa cozer e desagarrar do tacho. Deixar arrefecer um pouco a massa, para não cozer os ovos e depois juntar um a um, misturando bem de forma a que fique uma pasta homogénea.

Acrescentar depois a pescada já desfiada, a salsa picada e um pouquinho de piri-piri a gosto, misturar bem até ficar homogéneo.

Levar a fritar pequenas bolinhas em óleo bem quente, escorrer sobre papel absorvente e estão prontas a servir.

Servi com um arroz de feijão e uma saladinha.

Também é uma boa refeição para levar na marmita, ou para reutilizar sobras de outras refeições.

Custo: Comprei os mimos de pescada com vale de desconto, mesmo sem qualquer acumulação de cupões continente, 10% ou 5€ em 20€, por exemplo, fica por 1,29€, juntando os restantes ingredientes gastei 1,50€ (os ovos são sempre caseiros, comprando os ovos ficará por 2€), que dá para pelo menos 2 refeições de 2 pessoas.

Bom apetite :)

IMG_20140911_205757.jpg

publicado por Rosa Cristiana* às 11:10
16
Fev
15

Tenho que admitir que sou bastante desorganizada e quando as coisas falham fico triste por não ter conseguido dar conta de tudo, uma vez e outra, parece que está sempre a acontecer, então este ano decidi que tenho que ser uma pessoa mais organizada, mesmo.

Já tenho uma agenda onde aponto todas as tarefas a fazer ao longo do dia, bem como os valores gastos diariamente, mas desta vez tenho usado, sim, porque noutros anos anteriores, bem que tinha uma agenda, mas de que vale se não a consultar, se não a usar? Pronto, tenho tentado ser mais organizada, tem que ser aos poucos, mas com o tempo penso vir a melhorar.

Entretanto o inventário do congelador também era um projecto que tinha em mente já desde o ano passado, quando fui a fazer uma limpeza do congelador e encontrei lá coisas que não fazia ideia que ainda estavam por lá.

A questão estava que não queria ter uma folha que tivesse que renovar constantemente, ou seja, não era meu agrado andar sempre a imprimir folhas novas com a adição de novos produtos ao inventário, ou conforme consumia ir riscando, seria um grande gasto de papel que não encaixa bem nas minhas ideias de poupadinha.

Mas, procurando ideias aqui e acolá, encontrei uma solução para o meu problema, utilizar uma folha com a maioria dos produtos que normalmente tenho no congelador e plastificá-la com papel autocolante transparente, depois posso ir colocando as quantidades que tenho com caneta de acetato e apagar facilmente com álcool quando for necessário.

Assim fiz uma lista com o nome dos produtos e vários quadradinhos à frente, faço um risco para a quantidade que tenho, conforme vou gastando coloco um risco em sentido contrário fazendo uma cruz, quando tiver chegado a cruz à primeira posição significa que já não tenho stock e posso até apagar tudo para contar de novo.

Fácil e eficaz, assim só tenho o trabalho uma vez.

Em breve partilharei novas dicas que tenho implementado para ser mais organizada e ao mesmo tempo poupada :)

20150216_083805.jpg

publicado por Rosa Cristiana* às 16:11
10
Fev
15

O aquecimento a lenha é uma opção mais económica para muitas famílias, principalmente quando têm lenha a custo zero, mas mesmo comprando lenha é uma opção que ficará mais barata que a conta da electricidade ou do gás, requer apenas um pouco de investimento inicial, principalmente na compra de um recuperador de calor, que aquece mais e ajuda a gastar menos lenha.

Nalguns casos um recuperador de calor basta para aquecer a casa inteira, quando é pequena, ou sendo de dois pisos poderá haver a possibilidade de aproveitar o calor da chaminé, quando a casa é grande a solução poderá passar por aquecimento central, quando já existe a instalação, uma solução bastante dispendiosa para a maioria das famílias, mas que será recuperável ao longo do tempo.

Bom, mas isto não é uma lição da melhor forma de aquecer a casa, mas sim para quem já tem recuperador de calor, certamente que não é diferente dos outros e a porta fica suja com facilidade.

Podem existir muitos produtos para limpar o vidro do mesmo, até um simples limpa vidros, mas todos eles serão um pouco corrosivos para o ferro do recuperador e com o tempo vão criando ferrugem e estragando o recuperador, que não é o que se quer.

Nós cá em casa limpamos o vidro simplesmente com água e cinza, foi uma dica dada pela pessoa que nos vendeu o recuperador e tem sido bastante eficaz.

Com um pano, reutilizado de roupas velhas, um pouco de água e um pouco de cinza é fácil limpar o vidro do recuperador, sem substâncias corrosivas.

Cá está uma foto de antes e depois  

20150202_075111.jpg20150202_131846.jpg

E vocês como limpam o recuperador de calor? Alguém limpa da mesma forma?

publicado por Rosa Cristiana* às 14:21
04
Fev
15

Comprei outro dia massa folhada no LIDL a bom preço, como entretanto não gastei coloquei no congelador, porque sabia que iria ser útil em breve, como é rectangular não é prática para uma tarte de nata, mas é muito boa para um folhado por exemplo, e foi mesmo para isso que a usei.

Haviam também já bastantes sobras de várias refeições de frango, então pus mãos à massa e fiz um delicioso folhado de frango.

Fiz um recheio muito semelhante às empadas de frango com pequenas alterações, vamos aos ingredientes:

- 1 massa folha rectangular

- sobras de frango já desfiado

- 1 cebola pequena

- 1 colher (sopa) de farinha

- 1 copo de água

- 1 colher (sopa) polpa de tomate

- azeite e piri-piri q.b.

- 1 ovo para pincelar

- sementes de sésamo

 

Modo de preparação:

A massa e o frango foram retirados ao meio dia do congelador para fazer para o jantar e foi suficiente.

Piquei a cebola e refoguei com um pouco de azeite, juntei a farinha e mexi muito bem para incorporar, acrescentei a água aos poucos, de forma a ficar uma mistura bem homogénea e a polpa de tomate para dar um pouco de cor e sabor. Juntei então o frango apenas desfiado e fui mexendo, de forma que o frango se desfizesse um pouco, verifiquei temperos, como eram sobras de frango estufado apenas adicionei um pouco de piri-piri, mas podem juntar também metade de um caldo de carne, se acharem necessário e acrescentar mais água, depende da quantidade de frango, para que fique com um pouquinho pouco de molho. Mexer bem e deixar ferver mais 5 minutos, sem deixar agarrar.

Podem entretanto ligar o forno a 180º para ir aquecendo, esticar a massa e colocar o recheio até metade do rectângulo, cobrir com a outra metade, depois com a ajuda de um garfo, calcar as pontas de forma a não sair nenhum recheio. Pincelar com um ovo batido e polvilhar com sementes de sésamo ou outras as gosto, fica bonito e faz bem :)

Levar ao forno já quente até a massa folhar bem e alourar, sem escurecer muito.

Como sobrou um pouco de ovo de pincelar, coloquei numa forma de queques, com um pouco de sal e piri-piri, um pouquinho de frango e sementes de sésamo, fiz uma mini omelete no forno, ao mesmo tempo do folhado.

E assim se poupa, fazendo uma refeição de sobras, rápida e muito saborosa.

Podemos comer apenas assim o folhado e uma sopa, ou então acompanhar com arroz de ervilhas, por exemplo, também fica muito bom. Também é uma boa receita para levar na marmita :)

Aqui está, o recheio ainda no tacho, o folhado já a sair do forno e depois no prato, para verem como fica no interior.

IMG_8427-horz.jpg

 

Bom apetite :)

publicado por Rosa Cristiana* às 09:10
03
Fev
15

Este mês há um novo passatempo Pescanova, para ganhar vales de desconto, neste caso juntando provas de compra.

Eu não vos disse que era importante guardar as provas de compra? Eu guardo sempre, já tenho bastantes da Pescanova e vou verificar já os vales de desconto que conseguirei ganhar, sem qualquer compra.

Entretanto, se durante este mês comprar mais alguns produtos com vales de desconto que ainda tenho, vou juntando sempre as provas de compra, para este ou para futuros passatempos, pois comprar os produtos propositadamente para participar, não compensa.

Para participar basta fazer login no site da Pescanova e imprimir a folha, depois colar as provas de compra que têm de acordo com o que é pedido em cada espaço e enviar para a morada da Pescanova, indicada no regulamento.

pescanova.png

E vocês também já tem algumas provas de compra de reserva?

publicado por Rosa Cristiana* às 11:50
02
Fev
15

Infelizmente, cada vez ouvimos mais pessoas que no final do mês, mal têm dinheiro para comer, ou nunca conseguem poupar dinheiro ao final do mês, espero que as dicas que tenho dado aqui no blog, tenham ajudado algumas famílias a melhor a sua situação, mas todos sabemos que em muitos casos ser poupadinho não chega, que quando o rendimento diminuiu todas as despesas são em demasia e nem sempre é fácil conciliar tudo.

Recentemente, um amigo comentou que este mês tinha recebido uma factura de 150€ de água para pagar e não sabia como iria conseguir, que ainda à dois meses tinha pago apenas 15€ e agora veio uma conta enorme, que não conseguia pagar. Então eu questionei, porque não optas pela facturação mensal? Assim iria custar menos a pagar.

Quando a situação é difícil e já não sabem onde cortar mais, penso que esta é uma medida importante.

Afinal não é por pagar a água, luz ou gás de dois em dois meses que se paga menos, é o mesmo, pagamos à mesma todas as taxas referentes a cada mês, por isso se pagar todos os meses ajuda a manter o orçamento familiar mais equilibrado, porque não?

Basta ligarem para o vosso fornecedor e pedir a alteração, não custa nada e pode ajudar em muito.

No caso de os valores que vos afectam mais serem o seguro do carro ou da casa, em vez de pagarem mensalmente, que pagarão mais de juros, podem optar por dividir o valor a pagar por 12 meses e guardar esse dinheiro todos os meses, num envelope ou até numa conta à parte (verifiquem se não pagam comissões de manutenção) e depois quando for altura de pagar custa muito menos, como referi neste post.

Ao meu amigo também já dei algumas novas dicas para poupar água e assim pagar menos, mesmo ao final de cada mês.

publicado por Rosa Cristiana* às 08:58
mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO