Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
27
28
29
30
Contacto
Dúvidas ou sujestões dicasparapoupar@gmail.com
Newsletter

Escreve aqui o teu e-mail:

Delivered by FeedBurner

26
Jun
15

Desde alguns meses para cá começámos a fazer o nosso próprio pão.

Optámos por fazer broa por ser mais prático, durar fresca durante mais tempo e porque assim não iríamos gastar luz pois seria cozido no forno a lenha, mas também poderão fazer no forno eléctrico.

Nunca tinha amassado broa, já tinha feito alguns folares da Páscoa, mas a broa tem outros segredos e até a consistência final fica um pouco diferente, por isso foi uma verdadeira aventura quando certo dia em conversa com uma vizinha pusemos a hipótese de fazer broa, já tínhamos farinha de trigo e de centeio, só faltava mesmo a de milho, cujo problema se resolveu moendo o milho que tínhamos em casa e peneirando. Normalmente a farinha usada pela vizinhança é de milho branco, mas como só tínhamos milho amarelo foi dessa que usámos e a experiência foi tão positiva que ainda se mantém a receita.

O próximo passo era arranjar uma receita, a que encontrei e me pareceu mais interessante foi esta, mas decidimos desde logo dobrar a receita, mais tarde fiz algumas alterações e achámos que ficou melhor, por isso a receita final é um pouco diferente:

Ingredientes:

2 kg de farinha de milho

2 kg de farinha de centeio

2 kg de farinha de trigo tipo 65

100g de sal

80g de fermento

cerca de 3 litros de água a ferver

cerca de meio litro de água morna

 

Modo de preparação:

O adequado seria usar uma masseira ou uma gamela de madeira para amassar o pão, mas como ainda não encontrámos nenhuma ao nosso gosto continuamos a amassar numa bacia grande de plástico e tem funcionado bem. Colocar apenas a farinha de milho e ir adicionando a água a ferver até envolver e escaldar toda a farinha, com a ajuda de uma colher de pau (cuidado para não se escaldarem, a água tem que estar mesmo a ferver), tapar com um pano e deixar repousar um pouco.

Misturar o sal numa chávena com água a ferver e dissolver bem. Noutra taça dissolver o fermento num pouco de água morna (ter atenção que água muito quente mata o fermento).

Juntar as outras farinhas à farinha de milho escaldada e misturar bem, abrimos um buraco no meio e adicionar a água do fermento e do sal que entretanto também já arrefeceu um pouco. Depois é só amassar bem até ficarem todas as farinhas incorporadas e ir adicionando água até a massa ficar a consistência correcta, fica sempre um pouco húmida e a agarrar nas mãos, quando estiver amassada, separar das paredes da bacia (gamela ou masseira), polvilhar com um pouco de farinha de trigo, batendo em toda a volta, para que a massa deixe de agarrar às mãos e desenhar uma cruz na massa (apesar de não sabermos a receita esta é uma tradição antiga e é sempre cumprida). Tapar com um pano e deixar levedar. A massa está pronta quando tiver "estalada" bastante. Não sei precisar o tempo, nós vamos dando uma olhadela de vez em quando e com o tempo quente leveda mais rápido.

Para levar ao forno também existem alguns segredos. Tiramos porções de massa com a ajuda de um prato  e colocamos numa taça redonda previamente polvilhada com farinha (usamos uma tendedeira de madeira) e tender a massa, ou seja, atiramos ao ar algumas vezes. Depois levamos ao forno, pode ser colocada uma couve por baixo, ou colocar sem nada (para isso o forno é bem limpo de cinza e brasas com um vassouro molhado feito de ramos de carqueja), repetir o processo até terminar a massa.

Deixamos no forno cerca de meia hora até estarem cozidas. A maioria das vezes também optamos por fazer uma bôla com chouriço com sardinha, uma delícia.

Podem optar por fazer metade da receita e também pode ser cozido em forno eléctrico, pré-aquecido a 200ºC durante cerca de 35 minutos.

Tem ficado sempre muito bom e uma broa conserva-se durante cerca de uma semana sem ficar dura, agora no verão colocamos no congelador para que não se estrague e vamos tirando.

Em breve terei outras aventuras no mundo do pão caseiro.

Custo: Esta receita tem um custo de 3,00€ e rende entre 7 a 10 broas, depende do tamanho. Dá algum trabalho mas o resultado final é muito compensatório 

11651073_966701126693546_2101720392_n-horz.jpg

 

Bom apetite :)

publicado por Rosa Cristiana* às 09:00
25
Jun
15

Depois de vários comentários e informações negativas sobre este site, onde até publiquei este post, uma representante da empresa enviou-me uma comunicação a solicitar que informasse que a Multidados estava a trabalhar no sentido de regularizar todas as situações que estavam atrasadas.

Por falta de tempo e depois por esquecimento, não publiquei a sua comunicação, que partilho agora.

Sou a Directora geral da empresa, e tenho estado a dar a cara e a tratar destas questões, que não são faltas de pagamento, mas sim atrasos no pagamento.

Existem alguns utilizadores que tiveram problemas na altura da transição da nossa plataforma e como tal, criou-se um mau estar junto de alguns utilizadores.

A plataforma e Metodologia da MultiDados para recolha de inquéritos online, é complexa e delicada, e por essa razão estamos registados na comissão nacional de protecção de dados, para salvaguardar ambas as partes nente processo.

Actualmente temos mais de 600.000 registados e se tivermos de pagar a todos ao utilizadores ao mesmo tempo, seria complicado, e por essa razão existe uma logística a volta dos timings, assim como dia específicos para pagamentos no mês, tudo isto junto faz com que seja difícil pagar aos 121 dias, oscilando os timings e o utilizador não compreende.

Não é filosofia da empresa não pagar, nem faz sentido, precisamos das pessoas para responderem aos nossos inquéritos, no entanto há sempre pessoas sem ética que utilizam as oportunidades para aldrabar o sistema e usufruir de vantagens ou pagamentos que não são verdadeiros, e por essa razão, também atrasa todo o processo.

Procuramos sempre dar resposta as queixas e pedidos de pagamentos, e como deve compreender quantas mais pessoas tivermos no painel mais complicado fica esse processo, e por essa razão pedimos sempre a todos compreensão para esta situação, e garantimos que se a pessoa realmente tem a receber os valores que solicita na plataforma, os mesmo são pagos, apenas não entramos no sistema de alimentar queixas públicas, porque não achamos justo o fazerem quando não conseguimos em tempo real dar resposta ao mesmo.

Por tudo isto, e porque é importante para nos, ter pessoas satisfeitas no nosso painel, pedimos o seu voto de confiança, assim como a amioria das pessoas registadas no nosso painel e que continuem a colaborar connosco respondendo aos nossos questionários.

Ficam aqui os meus e os nossos contactos, na esperança de podermos contar consigo!

Obrigada

Florbela Borges | Managing Director
florbela.borges@multidados.com
Telefone da SEDE: 238486407

Recebi um convite para um inquérito Multidados e voltei ao site depois de alguns meses, já está tudo regularizado com os meus valores que anteriormente não apareciam, espero que todas as situações já estejam resolvidas também com os leitores lesados.

Podem voltar a confiar, para quem ainda não conhece dê uma vista de olhos neste post.

Estou quase a atingir valor para o pagamento, assim que receber partilharei o meu feedback.

publicado por Rosa Cristiana* às 17:57
17
Jun
15

 Na minha opinião, uma das questões mais importantes para aprender a poupar é saber dar valor ao dinheiro.

Se tivermos sempre um pensamento em que o dinheiro não vale nada, será muito mais difícil poupar algum dinheiro ao final do mês, ou até mesmo reduzir drásticamente o orçamento familiar.

É importante saber dar valor ao dinheiro.

Vejam por exemplo:

Tomar o pequeno almoço no café diariamente, é só 1€, parece pouco, mas se o multiplicarmos por 30 dias já soma 30€ e se multiplicarmos pelos 365 dias do ano já obtivemos uma poupança de 365€.

É importante valorizar cada cêntimo, pois todos fazem a diferença, como eu costumo dizer muitos cêntimos fazem muitos euros e grão a grão enche a galinha o papo, conforme o ditado popular.

E muito importante também, não ter vergonha de poupar e saber dar valor ao dinheiro

publicado por Rosa Cristiana* às 11:49
11
Jun
15

Pricious é um novo site de venda de produtos com desconto, mas com um conceito muito inovador, podemos obter mais desconto com a visualização de vídeos.

Registem-se e podem começar já a obter o melhor desconto nos vossos produtos preferidos.

Podem comprar desde smartphones, tablets, computadores, electrodomésticos, gadgets, cartões oferta ou até mesmo automóveis, com desconto até 90%, basta ver alguns vídeos e o preço do produto vai descendo, podem ver o vídeo aqui para perceber melhor :)

Vejam também as melhores vendas, como podem ver é possível conseguir comprar produtos a custo zero, basta um pouco de esforço.

melhores descontos pricious.png 

Podem ainda convidar amigos, por cada um recebem 0,10€, que podem acumular no SALDO para depois comprar produtos já com desconto.

Ainda têm dúvidas que este site é fidedigno? Pois eu fiquei convencida depois de ter visto que até apareceram na RTP1, conforme podem ver neste vídeo :)

Vale a pena tentar, registei-me à pouco tempo, assim que tiver conseguido algum produto a baixo custo ou zero, partilharei convosco.

Registem-se e comecem já a poupar com Pricious.

pricious.png

publicado por Rosa Cristiana* às 11:29
09
Jun
15

Hoje trago novas ofertas gratuitas e vales de desconto que podem aproveitar 

 

A Calvé tem novamente oferta de vales de desconto, semelhante a ofertas de outros anos, podem imprimir o vosso vale de desconto no Facebook da marca.

A Promoção e impressão do vale será dividido pelas seguintes datas

 1 Junho-23 Junho2015 - Maionese Calvé Standard Vidro 452g 

 1 Julho-23 Julho2015 - Calvé MAD CHIPS Top Down 260g, Calvé BURGER Top Down 260g ou Calvé MOLHO COCKTAIL Top Down 253g

 1 Agosto-23 Agosto2015 - Ketchup Calvé Top Down 444g

calvé.png

 

 

Vale de desconto Galbani disponível

galbani.png

Podem também pedir gratuitamente o Guia Deco, Saúde e Beleza.

saude e beleza.png

 

Ou simplesmente fazer o download do Ebook sobre Alimentação Infantil, oferta do LIDL.

 

Reembolso Xau Vanish, aqui.

xau vanish.png

 

E vocês conhecem mais algumas ofertas grátis?

publicado por Rosa Cristiana* às 08:28
04
Jun
15

Levar o almoço para o trabalho é uma poupança significartiva no orçamento de qualquer família, o dinheiro que dariam por uma refeição de um dia dá para preparar os almoços da semana inteira, ou quase. Contabilizando um valor de 6€ por refeição, que na maioria dos casos é superior, em 20 dias de trabalho, temos um custo de 120€, este custo pode ser reduzido para cerca de um terço, pelo menos.

No entanto nem sempre é fácil escolher as melhores refeições para levar, para ser aquecida, para comer fria ou simplesmente para levar dentro de um termo para se manter morna, por isso hoje deixo algumas sugestões para ajudar nesta tarefa.

Refeições rápidas e práticas de aquecer, caso tenham cantina com microondas ou forno para aquecer:

Lasanha de frango

Massa com frango gratinada

Barrinhas de pescada no forno

Massa recheada com presunto

Arroz de pato

Massa com atum

Carne estufada com legumes e massa

Salada russa

 

Refeições que podem ser comidas frias, principalmente agora no verão, acompanhados de uma salada (levar os temperos à parte):

Empadas de frango

Quiche de frango

Rissóis de atum

Bolo de bacalhau com azeitonas

Bolos de bacalhau

Sonhos de peixe

Folhado de carne

- Croquetes de carne ou peixe

- Pizza caseira ou mini-pizza

Bifes panados

 

Boas receitas e boas poupanças :)

publicado por Rosa Cristiana* às 08:31
01
Jun
15

Ajudar os mais necessitados é um dever de todos, mas quando podemos fazer isso sem qualquer custo, torna-se ainda mais fácil ajudar, a Danone tem uma nova oferta no site Alimenta Sorrisos, lembram-se? Onde se podem registar e acumular pontos com os códigos dos iogurtes que depois podem trocar por vales de desconto.

Agora também podem utilizar os vossos pontos para doar produtos Danone à Luta Contra a Fome.

Aproveitem e façam a doação dos vossos pontos, afinal não custa nada e estamos a ajudar, eu tinha muitos pontos, muitos deles acabava por não usar, por isso aproveitei a oportunidade e doei 100 pontos, que equivalem a 50 produtos Danone, e vocês já fizeram a vossa doação, de forma gratuita?

danone_ajuda.png

 

Lembro também que se não tiveram oportunidade de ir às compras no fim de semana e ajudar o Banco Alimentar, podem ainda fazer a vossa contribuição através da campanha "Ajuda Vale" até 7 de Junho, os vales estarão disponíveis nas caixas dos supermercados e postos de abastecimento de combustível aderentes, cada um deles associado um código de barras específico para os produtos que cada pessoa quiser doar ao Banco Alimentar

Ou poderão ainda fazer uma doação online, através do Alimente Esta Ideia.

publicado por Rosa Cristiana* às 09:13
27
Mai
15

Parece que este ano o Verão decidiu despertar mais cedo e com o calor também apetecem comidas mais leves e rápidas, por isso esta salada é mais uma refeição muito fácil de preparar e ideal para os dias mais quentes.

Ingredientes:

800g de grão de bico cozido (podem usar em frasco, eu cozi em casa)

3 postas de bacalhau

4 ovos

1 cebola

1 ramo de salsa

azeite, vinagre e sal q.b.

 

Modo de preparação:

Colocar um tacho com água a ferver, levar a cozer o bacalhau e os ovos temperados com o sal, ter em atenção se o bacalhau já estiver salgado.

Como já tinha o grão de bico cozido anteriormente na panela de pressão, depois de cozido basta apenas desfazer o bacalhau em lascas e descascar os ovos, picar a cebola e um ramo de salsa para uma tigela.

Servir o grão de bico com o bacalhau, os ovos partidos, polvilhar com a cebola e a salsa, temperar depois com um pouco de azeite e vinagre e está pronto a comer.

Esta receita deu para duas refeições de 2 pessoas.

Custo: Tive um custo de 1,60€, uma vez que cozi o grão de bico em casa, brevemente falarei da poupança que obtemos e os ovos eram caseiros, se tiverem que comprar os ovos ficará por: 2,20€.

20150421_215820.jpg

Bom apetite :)

publicado por Rosa Cristiana* às 08:26
19
Mai
15

Aconteceu-me no outro dia e decidi partilhar pois pode ser útil para outras pessoas na mesma situação.

Estava a escrever um post e de repente não conseguia escrever 0, aparecia o painel de opções, depois carrei na tecla F8 e aumentava o som, percebi que estava ativa a tecla Fn, mas e agora desativá-la?

20150512_214337.jpg 

Pesquisei no google e as instruções que apareciam eram clicar na tecla "Fn" e "Num Lock" ao mesmo tempo, fiz isso várias vezes mas não funcionou.

Depois andei à procura de várias teclas no computador e aparece a tecla óbvia mas que eu ainda não tinha visto "Fn Lock", aqui fica a dica para o caso de alguém andar "às escuras" como eu 

publicado por Rosa Cristiana* às 11:41
13
Mai
15

images.jpg

 Muitas pessoas não conhecem a isenção de IMI por baixo rendimentos, que pode ajudar muitas famílias com baixos rendimentos, pois os valores de IMI são bastante altos e agora também já não existe a cláusula de não aumentar mais de 75€ de ano para ano.

Por isso se tiverem rendimentos anuais inferiores a 15 295 euros e habitação própria, com com valor patrimonial tributário abaixo dos 66 500 euros, podem requerer a isenção junto das Finanças até 30 de Junho.

Podem fazer o pedido no Portal das Finanças, utilizando as senhas de acesso, ou em qualquer repartição das finanças.

Não se esqueçam que podem ainda pedir isenção aquando da aquisição ou herança de um imóvel de habitação permanente, que deve ser pedida até 60 dias após a aquisição, e dependendo do valor do imóvel pode ir até 6 anos, por isso se estão a pensar comprar casa ou compraram à pouco tempo aproveitem.

Há no entanto uma questão que ainda tenho e que gostaria de ver esclarecida mas ainda não consegui obter resposta.

Uma pessoa ou agregado familiar que tenha usufruido da isenção aquando da aquisição do imóvel, poderá agora usufruir da isenção por baixos rendimentos?

Alguém que passou por essa situação e saiba responder?

publicado por Rosa Cristiana* às 09:49
mais sobre mim
Dica da Semana

Publicidade
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO